quinta-feira, junho 13 Notícias do Brasil e do Mundo, 24h por dia

 Mudança data – Instituto Zeca Pagodinho vai homenagear a Santíssima Trindade do Samba com museu a céu aberto

“Tons da Baixada: um museu a céu aberto” acontece dia 26 de maio e é gratuito.

O evento, que estava marcado para este final de semana, precisou ser adiado, devido à previsão de chuva, e as inscrições foram prorrogadas para o dia 23/05.

No dia 26 de maio, o Instituto Zeca Pagodinho vai misturar samba com arte urbana, através das oficinas “Tons da Baixada: um museu a céu aberto”, que homenageará a Santíssima Trindade do Samba: Pixinguinha, Donga e João da Baiana, destacando o legado destas três personalidades. Em 2023, fez 50 anos que o autor de “Carinhoso” nos deixou. Já o compositor de “Por Telefone” e o de “Batuque na Cozinha” completam 50 anos de falecimento este ano.

Na data do evento, a partir das 9h, uma roda de conversa sobre os homenageados será comandada pelo cantor, compositor e percussionista Bira da Vila. Nascido em Duque de Caxias, o artista é filho de Seu Jair, também conhecido como Neblina, sambista, versador de partido-alto e passista da Escola de Samba Cartolinha de Caxias. Bira já foi gravado por artistas como Jovelina Pérola Negra, Luiz Carlos da Vila, Beth Carvalho e Zeca Pagodinho.

Logo após, às 10h, começam as oficinas de grafite, com o artista visual Rodrigo CB e com o grafiteiro Isaac RGT. Outra aula oferecida será de Stencil com a artista relacional e educadora Gabriele Valente. Os profissionais e os alunos vão criar murais artísticos com referências nas obras de Pixinguinha, Donga e João da Baiana.

O objetivo do projeto é transformar a Rua Jessé Gomes da Silva, rua do Instituto Zeca Pagodinho, em um museu a céu aberto por meio da arte urbana, sem esquecer dos deficientes visuais. Cada obra terá um QR Code vinculado a uma plataforma digital com narrações descritivas das imagens e playlists musicais.

“Esse projeto é o início de um plano que a gente tem de transformar o nosso endereço num museu a céu aberto, um museu de arte urbana. Desta vez, vamos homenagear a Santíssima Trindade, peças fundamentais na história do samba e da nossa cultura. A ideia é continuar homenageando grandes nomes que fazem parte da nossa história cultural.”, explica Louiz Carlos, diretor-geral do Instituto Zeca Pagodinho.

Os interessados em participar das oficinas podem se inscrever até o dia 23/05 através do link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdT63SsTknZj_vxDAHegWPVJt8tqIx9Bag4vzTDCLrFPBed7Q/viewform?usp=pp_url ou pelo WhatsApp (21) 99712-7034.

Tons da Baixada: um museu a céu aberto

Data: 26 de maio

Local: Instituto Zeca Pagodinho – R. Jessé Gomes da Silva, 54 – Xerém, Duque de Caxias – RJ, 25245-620

Grátis

Programação das Oficinas

08h – Café de Boas Vindas

09h – Abertura com Bira da Vila

Bira da Vila é cantor, compositor e percussionista nascido em Duque de Caxias, Rio de Janeiro. Filho de Seu Jair, também conhecido como Neblina, sambista e passista da Escola de Samba Cartolinha de Caxias. Sua trajetória artística é marcada por contribuições significativas para o samba, com composições gravadas por renomados artistas do gênero.

10h – Oficina de Grafite com Rodrigo CB

Rodrigo CB é artista visual desde 1997 e dedica-se exclusivamente à Arte Urbana e ilustração desde 2010. Formado em Tecnologia da Informação pelo Instituto Superior de Tecnologia, já participou de diversos eventos no Brasil e pelo mundo. Seu estilo é caracterizado por desenhos coloridos, linhas fortes e bem marcadas. Ministra palestras e oficinas desde 2014 e está envolvido com projetos sociais, atuando principalmente no Projeto C3 em Petrópolis.

Grafite: O grafite é uma técnica de pintura em que são usados sprays para criar desenhos e letras em espaços urbanos, sendo uma forma de expressão artística e cultural.

10h – Oficina de Stencil com Gabriele Valente

Gabriele Valente é uma artista relacional e educadora, gaúcha de coração, com experiência em processos de arte como transformação social e pessoal. Idealizadora do coletivo Liberte seus Sonhos, que utiliza a educação popular como eixo condutor e organizador da comunidade. Acredita na rua como plataforma de transformação social através da arte e do urbanismo tático.

Stencil: O stencil é uma técnica de pintura em que um desenho é recortado em papel ou outro material fino e, em seguida, é aplicada tinta por cima, resultando em uma imagem reproduzida com contornos precisos.

10h – Oficina de Grafite com Isaac RGT

Isaac RGT é um grafiteiro nascido em 21 de junho de 1981. Iniciou sua jornada na cultura urbana aos 17 anos de idade e fundou o Unidade Resgate em 2012, um projeto que busca descobrir e ensinar crianças talentosas da Baixada Fluminense.

Grafite: O grafite é uma técnica de pintura em que são usados sprays para criar desenhos e letras em espaços urbanos, sendo uma forma de expressão artística e cultural.

12h30 – Encerramento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *