quinta-feira, julho 25 Notícias do Brasil e do Mundo, 24h por dia

Ação Educacional Indígena: A Casa de Bambas promove ações especiais para o mês dos povos Indígenas

foto de divulgação
foto de divulgação

Programação contará com pintura orgânica, dança e roda de capoeira

O dia 12 de abril, contará com muita cultura e conhecimento aos jovens e crianças de Cordovil. É que A Casa de Bambas, instituição que promove o resgate da cultura indígena e afro-brasileira, com educação antirracista através de diferentes práticas multiculturais educativas a jovens em vulnerabilidade social, promoverá atividades de arte, cultura indígena e capoeira gratuitas. Interessados em conhecer mais sobre a comunidade indígena poderão se inscrever gratuitamente. A programação pode ser conferida no Instagram @acasadebambas.

As atividades contam com o apoio do Governo Federal, Ministério da Cultura, Prefeitura da Cidade do Rio, e Secretaria de Cultura e começam às 17h, com oficina de pintura orgânica indígena, ministrada por Ana Kariri, uma das principais líderes indígenas de sua etnia, também artista e poeta. Às vésperas da data que celebra o povo indígena, Ana, falará da cultura indígena dos povos nativos do Brasil, destacando a pintura e as tradições Kariri.

A ação faz parte do retorno do projeto “Indígenas: arte e cultura dos nativos do Brasil”, que contou com feira e evento no Museu de Arte do Rio, no ano de 2023. O projeto trouxe grande relevância a população, que recebeu menção no material didático dos alunos do terceiro ano da rede municipal de ensino, no segundo semestre do ano passado.

 Mestre Jagunço, capoeirista a frente da A Casa de Bambas, dentre outros grandes projetos, revela que nesta edição a cultura indígena de forma ainda mais rica e abrangente.

“Já pensou aprender a falar o idioma Tupi? Além das oficinas e atividades de contação de histórias, traremos o curso da a língua indígena clássica do Brasil, que teve grande importância na construção espiritual e cultural do país para crianças e jovens, além de eventos com palestras, apresentações culturais e feira de arte indígena. Promovendo a valorização da cultura indígena e das tradições ancestrais.   Não Percam”, conta.

Roda de Capoeira se une a famosa Moqueca do Jagunço na programação de abril

foto de divulgação
foto de divulgação

Já às 18h30, na A Casa de Bambas promoverá uma animada roda de capoeira, comandada pelo contramestre de capoeira Wagner da Silva, conhecido como “Sombra”, do grupo Terra Nossa, uma das revelações da nova geração. Os capoeiristas e admiradores da capoeira, poderão vivenciar a luta, a dança e a alegria contagiante que uma roda apresenta. Ao ritmo envolvente do berimbau e do atabaque, e ao som das letras que inspiram aos capoeiristas, a roda promete trazer muita energia, criando uma sensação única de pertencimento.

Fundador do Projeto Somos Sementes, que oferece aulas de capoeira, maculelê, jongo e samba de roda, no bairro de Vicente de Carvalho, de forma gratuita para a população do bairro, Wagner revela que seu propósito com a capoeira, é contribuir para a inclusão e transformação sociocultural, estimulando a diversidade cultural, a sociabilização, ampliar o universo de conhecimento da comunidade e fortalecer a autoestima coletiva da sociedade, atingindo o maior número de pessoas possíveis.

No mesmo dia, após a roda, às 19h30, acontecerá a tradicional Moqueca do Jagunço, um evento tradicional, já conhecido por capoeiristas cariocas, que convida não só capoeiristas, como entusiastas da capoeira a ouvir as histórias de seus “griots”, guardiões da história e da memória, que compartilham seu saber na arte capoeira através da oralidade, enquanto, Mestre Jagunço prepara a sua Moqueca, receita tradicional que ele trouxe de sua família (Indiaroba / SE).

Serviço:

Programação:

Dia: 12 de abril

Oficina de Arte Indígena com Pintura Orgânica

Horário:17h

Roda de Capoeira

Horário: 18h30

Moqueca do Jagunço

Horário: 19h30

Local: A Casa de Bambas

Endereço: Estrada do Porto Velho, 199 Cordovil – Rio de Janeiro – Rj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *