quinta-feira, junho 13 Notícias do Brasil e do Mundo, 24h por dia

Segunda Edição do Sarau Preto Especial Mulheres – Um Tributo à Zezé Motta

Nos dias 1º e 2 de junho, o Renascença Clube será palco de um evento único e inspirador: a segunda edição do Sarau Preto Especial Mulheres. Este ano, o tributo será dedicado à Zezé Motta, uma figura emblemática da teledramaturgia e da música brasileira, que receberá o troféu Sarau Preto.

Idealizado pelo cantor e compositor Mombaça, o Sarau Preto Especial Mulheres visa celebrar e homenagear as mulheres pretas, destacando suas contribuições históricas e culturais. O evento será uma experiência envolvente, repleta de música, arte, conversas e oficinas, todas permeadas pela resiliência e pelo legado das mulheres negras.

Zezé Motta, uma das artistas mais importantes do cenário brasileiro, será o foco das homenagens desta edição. Sua vida e obra serão celebradas através de rodas de conversa, contação de histórias e apresentações artísticas, incluindo um emocionante show de “Mombaça & Banda”, com participações especiais e interpretações das músicas que marcaram a carreira da brilhante artista.

A mudança do MAR para o Renascença Clube não é à toa. Considerado uma espécie de quilombo urbano carioca, o Rena, como é carinhosamente chamado, foi fundado, em 1951, por um grupo de negros de classe média, que eram impedidos de ingressar em clubes tradicionalmente frequentados por famílias brancas. A intenção era ter um lugar onde as famílias negras pudessem se reunir e se divertir em harmonia, sem discriminação racial. A homenageada, por exemplo, se apresentou várias vezes na casa. Foi lá, em 1973, que Zezé encenou a peça “Orfeu Negro”, um sucesso na época. 

“O Rena é mais do que um espaço, é um símbolo de resistência e celebração da cultura negra no Rio de Janeiro. É o lugar perfeito para honrar a trajetória de Zezé Motta e reunir nossa comunidade em torno da arte e da representatividade”, compartilha Mombaça.

Além das apresentações musicais, o Sarau contará com rodas de samba, jongo e conversas, oficinas de dança, tranças, percussão e uma feira de afroempreendedoras. Destaque também para a participação da CEO do espaço Affro Divas, Marília Gabriela, que coordenará uma roda de conversa sobre estética e beleza, promovendo uma visão inclusiva e tecnológica da beleza negra.

Entre as confirmações de participação, destacam-se Maria Ceiça, que estará presente na roda de conversa liderada e mediada pela atriz e jornalista Lica Oliveira, onde também participará Jurema Werneck abordando o tema ‘Viver é uma arte – Desafios do feminino negro na arte. Como o corpo negro se movimenta no tempo e no espaço?’. Além delas, teremos a presença de Katiuscia Ribeiro, filósofa brasileira especializada em filosofia africana, que trará sua perspectiva sobre os desafios enfrentados pelo feminino negro na indústria artística.

Outro destaque da segunda edição é a homenagem a 20 mulheres, entre elas a secretária executiva do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, Rita de Oliveira, Eliza Larkin, viúva de Abdias do Nascimento, Biza Vianna, viúva do ator e cineasta Zózimo Bulbul, a professora Vanda Maria de Souza Ferreira, que foi secretária Extraordinária de Defesa e Promoção das Populações Negras do Estado do Rio de Janeiro, no Governo de Leonel Brizola, a atriz Chica Xavier (in memoriam),  a ativista Neilda Fabiano (in memorian) e a autora e ativista Lélia Gonzalez (in memoriam). Dentro da programação da segunda edição do Sarau Preto, o show de “Mombaça & Banda”, com convidadas especiais e músicas consagradas na voz da brilhante intérprete Zezé Motta, como “Muito Prazer Zezé”, composição que Rita Lee e Roberto Carvalho escreveram especialmente para artista, “Dores de Amores”, uma das canções que Zezé gravou com Luiz Melodia e que será ouvida na voz da cantora Lilian Valeska, “Rita Baiana”, com interpretação da também cantora Lica Oliveira, entre outros sucessos.

A programação diversificada do evento reflete o compromisso com a representatividade e a inclusão. “Queremos criar um espaço onde as vozes das mulheres pretas sejam ouvidas e celebradas. Este é um evento feito por mulheres pretas, para mulheres pretas”, finaliza Mombaça.

PROGRAMAÇÃO

SÁBADO, 1º DE JUNHO

12:00 – Abertura – DJ Cris Pantoja / Mombaça recepciona os presentes

12:30 – Recreação infantil / brinquedos – quadra (a definir quem cuidará da recreação infantil)

14:00 – Roda de jongo Afrolaje – quadra

15:00 – Slam – palco principal

15:45 – DJ Bieta

16:00 – Roda de conversa – quadra – Viver é uma arte – Desafios do feminino negro na arte. Como o corpo negro se movimenta no tempo e no espaço? – mediação Lica Oliveira

18:00 – Bloco Afro Agbara Dudu

18:45 – Homenagens mulheres – palco principal

19:30 – Homenagem Zezé Motta – palco principal

20:00 – Show de encerramento Mombaça e Banda Sarau Preto – palco principal

21:45 – DJ Bieta

22:00 – Encerramento

Nos intervalos, a DJ Bieta e a DJ convidada Cris Pantoja se apresentam alternadamente.

Durante todo o dia haverá feira de afroempreendedoras, exposição de artes plásticas e grafiteiras que demostrarão sua arte.

DOMINGO, 2 DE JUNHO

12:00 – Abertura – DJ Cris Pantoja / Mombaça recepciona os presentes

12:30 – Recreação infantil / brinquedos – quadra (a definir quem cuidará da recreação infantil)

14:00 – Tambor de crioula grupo Companhia Mariocas – Maranhenses e Cariocas – quadra

15:00 – Novos talentos – palco principal

16:00 – Roda de conversa – advogadas – quadra – advogadas da Comissão Estadual da Verdade da Escravidão Negra no Brasil (Cevenb – OABRJ) – participantes e mediadora a definir

18:00 – Apresentação percussão – Geiza Carvalho – palco principal

18:30 – Roda de samba – 1º set – Samba Trançado – palco principal

19:30 – DJs Bieta e Cris Pantoja se apresentando alternadamente

20:00 – Roda de samba – 2º set – Samba Trançado – palco principal

21:45 – DJs Bieta e Cris Pantoja se apresentando alternadamente

22:00 – Encerramento

Nos intervalos, a DJ Bieta e a DJ convidada Cris Pantoja se apresentam alternadamente.

Durante todo o dia haverá feira de afroempreendedoras, exposição de artes plásticas e grafiteiras que demostrarão sua arte.

Serviço – Sarau Preto Especial Mulheres – Um Tributo à Zezé Motta

Data: 1º e 2 de junho de 2024

Horário: Das 12h às 22h

Local: Renascença Clube – R. Barão de São Francisco, 54 – Andaraí, Rio de Janeiro – RJ

Ingresso:

Ingresso colaborativo – R$ 10,00

Ingresso com direito à feijoada – R$ 30,00

Ingresso (meia-entrada) – R$15,00

Link para o dia 1º de junho –   https://www.sympla.com.br/sarau-preto-especial-mulheres—mombaca-e-convidadas-tributo-a-zeze-motta__2462068 

Link para o dia 2 de junho –  https://www.sympla.com.br/sarau-preto-especial-mulheres—mombaca-e-convidadas-tributo-a-zeze-motta__2464214 

Para mais informações e inscrições, visite o Instagram do evento @saraupretooficial. 

Realização: Governo Federal, Ministério da Cultura, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Paulo Gustavo.

Produção: Sarau Preto Produções Artísticas.

Apoio: Renascença Clube, Sobrado 15, Bem-Te-Vi Produções e Mombaça Produções Artísticas.

Foto João Castellano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *