quinta-feira, julho 25 Notícias do Brasil e do Mundo, 24h por dia

Mapeando a mente

Mapeando a mente
Mapeando a mente –Dr. Eduardo Baunilha

Conversas psicanalíticas com o Dr. Eduardo Baunilha

Mapear a mente é uma importante ação para vencermos os vícios. E, neste sentido, mapear significa ter consciência do que o que estou fazendo não é algo que vai me ajudar a ter uma vida mais saudável e, muito menos, tranquila.

Conversando com uma analisanda ela relatou que tem muita dificuldade de tomar dois tipos de remédios que foram prescritos para ela, por serem um pouco doces. Ela disse que sente como se a garganta fechasse e se vê incapaz de ingeri-los. Conversando a respeito ela não entendia o porquê, até conseguir lembrar de um momento na infância, em que, tomando escondido alguns medicamentos de ASS infantil teve uma reação alérgica que empolou todo o seu corpo.

Ou seja, a dificuldade que ela está tendo agora com mais de 30 anos tem um lugar de início. Por isso houve o recalque e o cérebro trabalhou para protege-la de outros possíveis surtos de alergia, criando a impossibilidade de engolir os remédios.

Este fato foi muito recente, então não sei ainda o desfecho, mas deu para entender que nosso psiquê trabalha constantemente para nos proteger; mas no afã de nos livrar das angústias, pode nos aprisionar em situações limitantes que podem atrapalhar nossa vivência no mundo. Por isso é muito importante que identifiquemos como, onde e quando tudo aconteceu. As vezes é difícil ter essa consciência sozinho. Neste caso, precisamos procurar um psicanalista para nos auxiliar.

Outro fato muito relevante é compreendermos que mudança de hábitos pode e dá muito trabalho, mas não precisa ser doloroso. E preciso repetir esta verdade para mim: é trabalhoso, mas não tem que ser doloroso. Pois a repetição é um fator importantíssimo na formação de hábitos. E quando agimos assim, estamos trabalhando com nosso cérebro a nosso favor.

Mapear a mente é um trabalho duro, braçal. Lembra de Daniel-san no filme Karatê Kid? Ele não gostava daquelas tarefas repetitivas dadas pelo senhor Myiagi, mas foram elas que o ajudaram a ser um campeão.

Um fortíssimo abraço para você! 


Instagram: baunilha45 e S48M7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *