quarta-feira, julho 24 Notícias do Brasil e do Mundo, 24h por dia

Soldera e LAAU lançam o single “La Bambola”, pela Beeside Records

“La Bambola” marca o primeiro lançamento de Soldera pelo recém lançado selo Beeside, e é uma reinterpretação de um clássico italiano dos anos 70 da cantora Patty Pravo, mas que já ganhou versões nas vozes de diversos artistas como Julio Iglesias, Elenoir, Chenza e outros

Ouça “La Bambola” em todas as plataformas digitais

Nesta sexta, dia 14 de junho, o DJ Soldera lança seu mais novo single, “La Bambola”, um feat com a cantora e DJ LAAU, pelo novo selo Beeside Records, do conceituado produtor musical e DJ Bruno Martini. Esta faixa marca o primeiro lançamento do artista pelo selo, e é uma reinterpretação de um clássico italiano dos anos 70 da cantora Patty Pravo, mas que já ganhou versões nas vozes de diversos artistas como Julio Iglesias, Elenoir, Chenza e outros. 

“‘La Bambola’ é uma faixa italiana pela qual eu me apaixonei. Eu sou de descendência italiana, então talvez eu já tivesse ouvido, em algum momento,  a versão original da cantora Patty Pravo, lançada nos anos 70” compartilha Soldera. Ele descreve a faixa como uma obra de amor à primeira vista, remetendo a uma experiência transformadora em Ibiza. “Sinceramente, eu não me recordo 100% de como foi quando ouvi a faixa pela primeira vez. O que eu me recordo foi em 2015, a primeira vez que fui pra Ibiza, e eu estava em um bar e do nada começou a tocar esta música e nas primeiras batidas, antes de entrar até a melodia, todo mundo já se levantou e começou a dançar” relembra o DJ.

Esse momento mágico em Ibiza inspirou Soldera a trazer “La Bambola” de volta ao Brasil, onde ele testou a faixa várias vezes, mas só recentemente decidiu regravá-la com um toque de Afro House para o verão europeu de 2024. “Desde o ano passado, eu já estava com o  plano de fazer uma regravação do vocal e lançar uma versão dela de Afro House para esse verão”, ele conta.

“La Bambola” conta com a participação da DJ e cantora LAAU nos vocais. LAAU lançou “Static” seu primeiro single pela Beeside recentemente. A faixa, um feat. com Bruno Martini, traz linhas de tech house, um pouco do deep house e uma aura sombria e misteriosa.  

Além de seu trabalho solo, Soldera já colaborou com Bruno Martini, incluindo o recente remix de “Sambassim”. Ele valoriza muito essa parceria e a oportunidade de fazer parte do recém lançado selo Beeside Records. “Bruno e eu temos inúmeros outros singles para lançar. O Bruno é um amigo pessoal, uma pessoa muito querida e, na minha opinião, um dos maiores produtores de música eletrônica do mundo,” diz Soldera. “Então, é uma felicidade e uma honra estar junto dele e espero poder contribuir com as minhas capacidades e habilidades para ajudá-lo também nesta nova empreitada.”

Sobre o convite para se juntar à Beeside, Soldera expressa gratidão e entusiasmo. “Sobre a Beeside, foi um convite do Bruno, ele é o CEO da label e eu estou feliz. Tenho certeza que só vai agregar nas minhas músicas, vou fazer de tudo para agregar na label e ajudar e trazer novos talentos.”

Com “La Bambola”, DJ Soldera e LAAU estão preparados para conquistar as pistas de dança e se consolidar ainda mais como grandes nomes da música eletrônica contemporânea. Não perca o lançamento, que promete ser o hit do verão europeu.

CONFIRA A LETRA DE “LA BAMBOLA”

 Franco Migliacci, Bruno Zambrini, Ruggero Cini

 

Tu mi fai girar, tu mi fai girar

Come fossi una bambola

Poi mi butti giù, poi mi butti giù

Come fossi una bambola

Non ti accorgi quando piango

Quando sono triste e stanca, tu pensi solo per te

No ragazzo, no, no ragazzo, no

Del mio amore non ridere

Non ci gioco più quando giochi tu

Sai far male da piangere, da stasera la mia vita

Nelle mani di un ragazzo, no, non la metterò più

No ragazzo, no

Tu non mi metterai

Tra le dieci bambole

Che non ti piacciono più

Oh no, oh no

Tu mi fai girar, tu mi fai girar

Come fossi una bambola

Poi mi butti giù, poi mi butti giù

Come fossi una bambola

Non ti accorgi quando piango

Quando sono triste e stanca, tu pensi solo per te

No ragazzo, no

Tu non mi metterai

Tra le dieci bambole

Che non ti piacciono più

Oh no, oh no

Tu mi fai girar, tu mi fai girar

Poi mi butti giù, poi mi butti giù

Tu mi fai girar, tu mi fai girar

Poi mi butti giù, poi mi butti giù

Links Soldera:

Spotify 

Instagram

Links LAAU:

Spotify 

Instagram

Sobre Soldera:

Soldera é um nome sempre em movimento que sempre está  destaque na cena eletrônica mundial. Com 13 anos de carreira, ele possui raízes no house, mas sempre transitou por diversas vertentes, como o deep, o tech e atualmente também o afro house. 

Seus lançamentos em labels internacionais são prova de sua habilidade e talento. Ele tem constantes posições entre os TOP 10 artistas mais vendidos de Afro-House, como no lançamento de “Baianá”, “Baião” e “Minha Prece”, pela MoBlack Records, além do remix de “Sambassaim”, com Bruno Martini. Mas Soldera não se destaca somente pelos seus trabalhos musicais. Ele é também um profissional muito respeitado fora dos palcos e já foi residente do Anzuclub, onde criou o famoso evento PistinhaMeuAmor. Ele também foi citado pela Dj Mag como um dos responsáveis pela ascensão do clube até a 19ª posição do mundo. Soldera não se limitava apenas a ser um DJ residente, ele participava ativamente do conselho do clube.

Além disso, ele também é conhecido por ter produzido festas memoráveis, como a primeira edição do Warung Tour em São Paulo. Com a Fewbeats, ele apresentou pela primeira vez na região nomes como Solomun, Art Department, Lee Foss e Danny Daze, tudo isso entre os anos de 2012 e 2013.

Curiosidades sobre a vida de Soldera incluem sua formação em Educação Física, sua faixa preta de terceiro grau em Jiu Jitsu e sua graduação em Azul Ponta Preta em Muay Thai. São essas habilidades e conhecimentos que fazem de Soldera um artista completo e único na cena eletrônica mundial.

Sobre LAAU: 

Incentivada desde cedo a conectar-se com seu potencial artístico, LAAU iniciou sua carreira como compositora, cantora e instrumentista e logo passou a se apresentar com bandas de Blues, R&B, Soul, Hip-Hop, Indie e Pop. Eclética e curiosa em descobrir sonoridades, encontrou na House Music e suas variações o melhor espaço para sua efervescência criativa e doce voz.

Após conquistar a atenção do duo Fractall x Rocksted com suas composições autorais, a jovem artista paulistana pôde vivenciar a magia da dance music em colaborações que a levaram a palcos importantes, como Green Valley, XXXperience, Só Track Boa e até mesmo Lollapalooza. Ampliando seu escopo artístico, ao tornar-se DJ e produtora, renova seu relacionamento com a arte, seja com sua voz ou com sua pesquisa eclética, marcando presença em clubes como D-edge, Sirena Maresias, Clube A, entre outros, além de inúmeros eventos da label Klandestine.

Em 2024, LAAU assina com a Beeside Records, novo selo internacional focado em House Music, Afro House, Techno e Tech House encabeçado por Bruno Martini, Edo Van Duijn e Rick Bonadio.